Palestrantes | ATORGS

Palestrantes


INTERNACIONAIS


Edgar Julián Samacá Pulido (Colômbia)

Terapeuta Ocupacional Colombiano (Universidad Nacional de Colombia), Especialista em docencia Universitaria, Universidad Militar Nueva Granda (UMNG), Especialista em Políticas públicas e igualdade, Conselho latinoamericano de Ciências Sociais. (CLACSO, Argentina) Mestre em ciências sociais aplicadas, Universidad de la Frontera (UFRO). Docente Universitario na Colômbia e atualmente docente da Escuela de Salud e do programa de terapia ocupacional na Universidad Católica de Temuco, Chile. Experiência profissional em intervenção comunitária, atenção psicosocial em populações vulneráveis na Colômbia. Linha de trabalho atual em Direitos Humanos, participação cidadã, inclusão e exclusão de populações vulneráveis. Representante da Colômbia e ex-secretário da Confederação Latinoamericana de Terapia Ocupacional (CLATO) período 2011-2014.


Paola Méndez Monteghirfo (Chile)

Terapeuta Ocupacional, licenciada en Ciencias de la Ocupación Humana en la Universidad de Chile. © Magister en Psicología Social con mención en Intervenciones Psicosociales de la Universidad de Valparaíso. Integrante del Departamento de Terapia Ocupacional y Ciencia de la Ocupación Humana y profesora de la Escuela de Terapia Ocupacionalde la Facultad de Medicina de la Universidad de Chile. Coordinadora del Programa de Tutorías de la Unidad de Desarrollo de la Enseñanza y el Aprendizaje-UDEA, perteneciente a la Dirección de Pregrado de la Facultad de Medicina, Universidad de Chile. Ámbitos de desarrollo interventivo y disciplinar en intervención psicosocial comunitaria, vida cotidiana, derechos humanos, desastres naturales, equidad y diversidad, políticas sociales, con sujetos en condición de pobreza, marginalidad y exclusión social. Experiencia interventiva en salud y educación en el área pública, específicamente en ámbitos de salud mental, psiquiatría, situación de calle y consumo de drogas, discapacidad y violación a los derechos humanos y formación a equipos de intervención en programas tales como Chile Crece Contigo y línea de protección de derechos y justicia juvenil de SENAME. Participación en Colegio de Terapeutas Ocupacionales de Chile AG. Vicepresidenta de XV Congreso de la Federación Mundial de Terapeutas Ocupacionales-WFOT, realizado en Chile en mayo de 2010.


Rodolfo Morrison Jara (Chile)

É formado em Ciencias de la Ocupación e Terapia Ocupacional pela Universidad Austral de Chile, com mestrado e doutorado em Lógica y Filosofia de la Ciencia pela Universidad de Salamanca. Atualmente é coordenador da área de pesquisa do Departamento de Terapia Ocupacional y Ciencia de la Ocupación da Facultad de Medicina (Universidade de Chile).
É integrande da Sociedad Chilena de Ciencia de la Ocupación e pesquisador no Comité de Estudios de Ciencia de la Ocupación (COECO); e do Núcleo I+D “Gestión para la Diversidad” da Universidad de Chile. Realizou pesquisas no Centro de Ciencias Humanas y Sociales del Consejo Superior de Investigaciones Científicas (CSIC). Algumas de suas pesquisas recentes se focaram na visibilização de diferentes mulheres que tenham contribuído no desenvolvimento da Terapia Ocupacional, como sua última pesquisa “Silvia Gómez Lillo y cincuenta años de terapia ocupacional en Chile”; Em seu exercício profissional trabalhou principalmente na área de dependentes químicos, tanto a nível de reabilitação como de prevenção, integrando fundamentos desde da ciência da ocupação e da perspectiva de gênero em sua intervenção.


Silvia Coelho Martins (Portugal)

Professora Adjunta na Escola Superior de Saúde do Alcoitão, onde lecciona na área das Teorias da Terapia Ocupacional e Desenvolvimento Comunitário. Coordenadora do projecto de implementação da Terapia Ocupacional em Moçambique.
Graduada em Terapia Ocupacional pela Escola Superior de Saúde do Alcoitão, Mestre em Saúde Pública pela Universidade Nova de Lisboa, Especialista em Terapia e Reabilitação na área da Terapia Ocupaional pelo Instituto Politécnico de Beja.
Foi presidente da Associação Portuguesa de Terapeutas Ocupacionais (2004/2013) e membro do Board da European Network of Occupational Therapy in Higher Education (2002/2008).


 Susanne Smith Roley (EUA)

Terapeuta ocupacional com mais de 30 anos de experiência em pediatria. Formada  na Universidade de Indiana, mestrado em Allied Health Sciences na Universidade de Boston e doutorado na Universidade do Sul da Califórnia. Susanne trabalha em Orange County, no sul da Califórnia, é fundadora da organização sem fins lucrativos, Liderança Colaborativa em Integração Sensorial (CLASI). Foi presidente da Comissão de Prática e da Seção de Interesse Especial de Integração Sensorial da AOTA; É autora colaboradora da Prática da Terapia Ocupacional : Domínio e processo, edição 2002.  Autora reconhecida internacionalmente e um conferencista na teoria e na aplicação da integração sensorial. Co-editora dos livros, Compreender a Natureza da Integração Sensorial com Populações Diversas e Integração Sensorial: Aplicando Raciocínio Clínico a Populações Diversas. Instutora da Certificação Internacional de Integração Sensorial no Brasil. Membro AOTA e recebeu do AOTF Virginia Scardina Prêmio de Excelência e da AOTF A. Jean Ayres.


NACIONAIS


 Aide Mitie Kudo

Possui graduação em Terapia Ocupacional pelo curso de Terapia Ocupacional da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (1985), com pós-graduação lato sensu em Administração em Serviço de Saúde/Administração Hospitalar pela Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo (2000). Supervisora de Serviço Hospitalar e coordenadora do Serviço de Terapia Ocupacional do Instituto da Criança do Hospital das Clínicas da FMUSP. Implantou o Serviço de Terapia Ocupacional e a Brinquedoteca do Instituto da Criança do Hospital das Clínicas da FMUSP. Participou do Multi-professional Master Class in Children´s Palliative Care organizado pela International Children s Palliative Care Network / ICPCN. Faz parte do Grupo Técnico de Humanização do Instituto da Criança, do Núcleo Técnico e Científico de Terapia Ocupacional do Hospital das Clínicas FMUSP e do Núcleo Técnico de Cuidados Paliativos do Hospital das Clínicas da FMUSP. Autora dos livros Fisioterapia, Fonoaudiologia e Terapia Ocupacional em Pediatria Ed. Sarvier e O Hospital pelo Olhar da Criança pela editora Yendis. Atua na área de Terapia Ocupacional em contexto hospitalar pediátrico e cuidados paliativos. É vice presidente da Associação Científica de Terapia Ocupacional em Contextos Hospitalares e Cuidados Paliativos (ATOHosP).


Adriana Belmonte

Professora Adjunta 2 do Curso de Terapia Ocupacional do Setor de Ciências da Saúde da Universidade Federal do Paraná – UFPR. Graduada em Terapia Ocupacional pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo – FM/USP (1996) e em Filosofia pela Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo – FFLCH/USP (2002). Mestre (2007) e Doutora (2013) em Filosofia pela FFLCH/USP. Membro da Associação Filosófica Scientiae Studia, do Grupo de Filosofia, História e Sociologia da Ciência e da Tecnologia do Instituto de Estudos Avançados – IEA/USP e do Grupo de Pesquisa em Terapia Ocupacional – UFPR. Realizou pesquisa de campo e formação complementar sobre a rede de serviços de reabilitação no Sistema Nacional de Saúde Cubano, através da Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo – FSP/USP e do Ministério de Saúde Pública de Cuba – MINSAP (1998). Atualmente, tem atividades de ensino e pesquisa voltadas à Filosofia das Ciências da Saúde; Fundamentos teórico-metodológicos, epistemológicos e ético-políticos da Terapia Ocupacional; Sistemas de Garantia de Direitos; Políticas Públicas de Saúde e de Assistência Social; Redes e Tecnologias Sociais em Terapia Ocupacional. É uma das coordenadoras do Projeto de Extensão “Praxis-Poiesis: cotidiano, convivialidade e modos não convencionais de vida” (DTO/UFPR).


Aldenora González

Fundadora e de Presidente de honra do Instituto EcoVida onde atua desde 2004, concretizando a missão de promover e executar ações para a construção de cidades sustentáveis e o monitoramento de equipamentos sociais para o exercício da cidadania das pessoas e grupos vulneráveis, visando sua formação, capacitação, autonomia e participação. Graduando em Serviço Social; Ex-Conselheira Nacional das Cidades, Segurança Alimentar e Assistência Social;
Presidente do Conselho Municipal de Assistência Social de Macapá; Coordenadora Nacional do GT Erradicação da Pobreza da Rede ODS Brasil; Compõe a Secretaria Executiva da Frente Nacional em Defesa do SUAS e da Seguridade Social; Fundadora do Fórum Nacional dos Usuários do SUAS, onde atualmente responde pela Secretaria Executiva.


Amara Holanda Battistel

Graduada em Terapia Ocupacional pela Universidade Federal de Pernambuco, mestre e doutora em Educação pela Universidade Federal de Santa Maria. Professora do Curso de Terapia Ocupacional da Universidade Federal de Santa Maria. Implantou e coordenou o curso de Terapia Ocupacional do Centro Universitário Franciscano – UNIFRA (2004/2009). Atuou como docente no Curso de Pedagogia da Universidade de Cruz Alta (1997/2003). Atua em Terapia Ocupacional na área da Saúde da Criança, Educação inclusiva, Oncologia infanto-juvenil e Formação de Professores.


 Ana Luiza Ferrer

Possui graduação em Terapia Ocupacional pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas (2000), mestrado em Saúde Coletiva pela Universidade Estadual de Campinas (2007). Doutorado em Saúde Coletiva pela Universidade Estadual de Campinas (2012). De 2005 a 2013 foi membro do Grupo de Pesquisa Saúde Coletiva e saúde Mental: Interfaces, inserido no diretório de grupos do CNPq.Tem experiência na área da saúde coletiva, saúde mental, saúde da criança e área hospitalar, com ênfase em oncologia, dor e cuidados paliativos. Atualmente é Docente da Universidade Federal de Santa Maria, curso de Terapia Ocupacional. Líder do grupo de pesquisa Terapia Ocupacional e Saúde Coletiva: Políticas Públicas, Territórios e Subjetividade. Professora convidada no Mestrado Profissional em Saúde Coletiva da Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP), desenvolvendo trabalho de orientação.


Ana Paim

Terapeuta Ocupacional – Graduada em 2001 pela Faculadade de Ciências da Saúde do Instituto Porto Alegre IPA. Especialização em Cinesiologia pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Formação pelo Conceito Neuro-Evolutivo Bobath. Formação em Terapia da Mão no Instituo Alpi – Buenos Aires. Aperfeiçoamento em Terapia da Mão Philadelphia Hand Center. Atual Vice-Presidente da Sociedade Brasileira de Terapia da Mão (SBtM).

 


Andreza Aparecida Polia

Terapeuta Ocupacional formada pela UFSCAR. Especialista em Educação Especial pela PUCcamp. Mestre em Educação pela UFG.

Doutoranda em Linguística pela UFPB. Docente do curso de graduação em Terapia Ocupacional da Universidade Federal da Paraíba e Coordeno o Comitê de Inclusão e Acessibilidade da UFPB desde 2011.

 


Ana Rita Costa de S. Lobo Braga

Graduação em Terapia Ocupacional – Universidade Católica Dom Bosco – UCDB, 1999. Pós Graduação em Neurologia – Faculdade Salesianas de Lins, 2000. Psicomotricidade – Universidade Potiguar – UnP 2005. Especialista em Método Bobath  – Associação Nacional do Método Bobath – Basília, 2009. Mestrado em Ensino na Saúde – Universidade de Brasília -UnB, 2014. Membro dosGrupos de Pesquisa: – Atividade Motora Adaptada – Programa de Pós Graduação da Faculdade de Educação Física – UnB – De 2016 até atual. Perfil educacional e funcional de estudantes da Educação Especial da Região Administrativa de Samambaia e construção de indicadores para o monitoramento da aprendizagem – Faculdade de Ceilândia – UnB – 2017.


Beatriz Bittencourt Granjo

Terapeuta Ocupacional formada pela Faculdade de Medicina da Pontifícia Universidade Católica de Campinas – PUCCAMP, 1984. Especialista em Neuropsicologia pela Universidade Federal de São Paulo – UNIFESP, 2001. Mestre em Ciência pelo Departamento de Psicobiologia da UNIFESP/Escola Paulista de Medicina, 2011. Membro da Diretoria da Sociedade Brasileira de Neuropsicologia – SBNp. Revisora científica da versão brasileira dos livros: Neuropsicologia para Terapeutas Ocupacionais (June Grieve); Terapia Ocupacional para Disfunções Físicas (Radonski & Trombly) e Neurociência, Reabilitação Cognitiva e Modelos de Intervenção em Terapia Ocupacional (Katz).


Cheila Maria Schroer

Terapeuta Ocupacional, Psicanalista, Especialista em Estimulação Precoce, Especialista em Desenvolvimento Social da Família.

Diretora do Centro Integrado de Desenvolvimento e do Centro Cultural Cidadania.

 


Claudia Antello

Terapeuta Ocupacional. Instrutora do Curso Taping Terapêutico Funcional. Membro do Conselho Técnico da Associação Pestalozzi de Campo Grande/MS-Brasil. Credenciada pelo Conselho Regional de Educação Física CREF 1986-P. Curso de formação no método Fascial Moviment Taping ministrado pelo criador do método Steven Capobianco em agosto 2013 – Viña Del Mar – Chile. Curso completo Power Taping ministrado pelo criador do método Steven Capobianco em agosto 2014 – USA. Mestre em Educação Física e Desporto – Desenvolvimento da Criança na variante Desenvolvimento Motor. UTAD – Vila Real – Portugal / 2012. “O Autentico Método Kinesio Taping” – Ministrado pelo Dr. Kenzo Kase – Modulo Neurologia, Modulo Ortopedia, Modulo Medicina Esportiva – SP – Abril de 2011. Formação em Bandagem Funcional Therapy Taping – curso avançado, na Clínica Ludens Campinas – SP. Março 2010. Formação em Kinesio Tape, curso básico, Reactive – São Paulo – SP- Brasil 2008. Formação em “Pediatric Therapeutic Taping” Ministrado pela P.T. Trish Martin e pela MOT, OTR/T Audrey Yasukawa, autoras do livro Pediatric Therapeutic Taping no Centro de Estudos de Reabilitação Neurológica- CERN – Rio de Janeiro – Brasil 2008


Claudia Colar Scolari

Mestre em Reabilitação e Inclusão- IPA; Especialização em Engenharia de produção-Ergonomia-UFRGS;
Especialização em Dinâmicas e Processos Grupais-SBDG; Coordenadora do Curso de Terapia Ocupacional no Centro Universitário da Serra Gaucha, Coordenadora dos Programas de Assistência Estudantil do Centro Universitário da Serra Gaúcha; Consultora na Saúde do Trabalhador e Inclusão.


Clori Araújo Pinheiro 

Terapeuta ocupacional formada pelo IPA. / 1992
Especialização em Saúde Comunitária
Especialização em trabalho Comunitários
Especialização em administração Hospitalar
Trabalha como Terapeuta ocupacional desde Março de 1994 no Hospital Nossa Senhora da Conceição,desenvolvendo Até o momento a gestão da Saúde do trabalhador e atuando como terapeuta ocupacional na Equipe.
Sócia da Empresa Espaço Estar Clínica e ensino de terapia ocupacional desde 2001. Presidente da Actogs de 2011 a 2013 e Presidente da ABRATO de 2013 a 2015.


Cristina Fank

Terapeuta Ocupacional graduada pela Faculdade de Ciências da Saúde do Instituto Porto Alegre (IPA) em 2002. É colaboradora da empresa Mercur, atuando no Projeto Diversidade na Rua onde vem se buscando desenvolver recursos de Tecnologia Assistiva junto com uma rede colaborativa de profissionais da área da saúde, educação, design, pessoas com deficiência e familiares. Atua também em um Centro Especializado em Reabilitação Física, SRFis – UNISC.  


Daniela Rodrigues

Graduada em Terapia Ocupacional pela Universidade Federal de São Carlos (2006). Especialista em Reabilitação dos Membros Superiores – UFSCar (2010). Mestre em Engenharia de Produção/Ergonomia – PPGEP – UFSCar (2012). Especialista em Epidemiologia em Saúde do Trabalhador pela UFBA (2014). Professora Assistente II do curso de Terapia Ocupacional na Universidade de Brasília (UnB). Integrou a equipe de Reabilitação Profissional do Centro de Referência em Saúde do Trabalhador – CEREST de Piracicaba (2010-2013). Seus temas de interesse são: saúde, trabalho, ergonomia, assistência e vigilância em saúde do trabalhador, acidentes e doenças relacionadas ao trabalho, reabilitação profissional, retorno ao trabalho e pessoas com deficiência.


Débora Galvani

Possui graduação em Terapia Ocupacional pela Universidade de São Paulo (1997) e mestrado em Ciências, pela Faculdade de Medicina USP (2008), doutorado em Ciências, pelo Instituto de Psicologia da USP (2015). Professora Adjunta da Universidade Federal de São Paulo e coordenadora do Projeto Metuia – Terapia ocupacional social -UNIFESP/Santos. Pesquisadora e membro do núcleo Amanar da Casa das Áfricas. Tem experiência na área de Terapia Ocupacional, com ênfase em Terapia Ocupacional Social, em ações territoriais e comunitários, principalmente nos seguintes temas: cultura, antropologia urbana, mobilidade e direitos humanos, pessoas em situação de rua, redes de interdependência, religiosidade e África.


Deigles Giacomelli Amaro

Doutora em Didática Teorias de Ensino e Práticas Escolares (FEUSP), mestre em Psicologia Escolar e do Desenvolvimento Humano (IPUSP), especializada no Método Terapia Ocupacional dinâmica (CETO), especializada em Saúde Coletiva (FMPUSP), graduada em Terapia Ocupacional (PUCCAMP) e em Pedagogia (UNIP). Foi terapeuta ocupacional da Prefeitura Municipal de Mauá (região Grande São Paulo/SP) por 21 anos. Professora em cursos de especialização na área de educação e saúde, palestrante/consultora em Escolas de Educação Infantil, Ensino Fundamental e médio e autora de textos relacionados com os temas: educação especial na perspectiva da educação inclusiva, aprendizagem, desenvolvimento, deficiência, formação de educadores, formação em serviço, formação contínua, terapia ocupacional e educação inclusiva, intersetorialidade nas políticas de atenção as pessoas com deficiência, reabilitação e inclusão social.


Fernanda lou Sans Magano

Psicóloga, Servidora na Secretaria de Administração Penitenciária do Estado de São Paulo. Presidenta do Sindicato dos Psicólogos no Estado de São Paulo – SinPsi-SP. Vice Presidenta da Federação Nacional dos Psicólogos – FENAPSI. Membro da Executiva do Fórum Nacional dos Trabalhadores do Sistema ùnico de Assistência Social – FNTSUAS.


Gabriela Demarchi

Terapeuta Ocupacional graduada pela Universidade Federal de São Paulo, Campus Baixada Santista (UNIFESP). Mestranda no programa de pós- graduação Interdisciplinar em Ciências da Saúde pela UNIFESP, desenvolvendo sua pesquisa com perfil de desempenho cognitivo em crianças de 06 a 12 anos da cidade de Santos-SP. Instrutora dos Cursos DOTCA-Ch (Avaliação Cognitiva Dinâmica de Terapia Ocupacional para crianças), e pesquisadora desde 2013 no grupo de pesquisa da bateria DOTCA-Ch, onde contribuiu como revisora do manual traduzido para o português, e verificou a consistência interna desse instrumento com estudantes da rede municipal de ensino. Realizou aprimoramento no Hospital de Câncer de Barretos em Clínica Médica Oncológica, e tem experiência na área de Terapia Ocupacional, com ênfase em saúde da criança, desenvolvimento e desempenho infantil e avaliação cognitiva.


Gisleine Martin Philot

Terapeuta Ocupacional. Consultora Internacional em Tecnologia Assistiva.  Especialização em Integração Sensorial (curso ministrado por Dr. Susan Stallings-Sahler, Phd, da University of Southern California, Los Angeles, CA, EUA, em Portugal.) Especialização em Tratamento Neuroevolutivo Bobath, adulto, criança e bebes. Especialização em Alfabetização Especial e Psicomotrocidade. Premio Invento Brasileiro , Secretaria da Ciência e Tecnologia, SP, 1991, Modulação Ergonômica para Paralisia Cerebral, Premio Invento Brasileiro , Secretaria da Ciência e Tecnologia, SP, 1993, Andador de Transferência Regulável, Transfer; Premio Inovação Tecnológica, área Tecnologia Assistiva, FINEP 2012.  Mestra em Engenharia Mecânica – FEM – UNICAMP.


Heloísa Cristina Figueiredo Frizzo

Graduação em Terapia Ocupacional pela Universidade Federal de São Carlos (1995), mestrado em Ciências Médica/Saúde Mental pela Universidade de São Paulo (2002) e doutorado em Ciências pelo Programa Interunidades em Enfermagem/Universidade de São Paulo (2015). Possui Pós Doutorado pelo Programa de Pós Graduação em Ciências, Tecnologia e Sociedade (CTS) pela Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) e atuou como Investigador Visitante (2017) no Instituto do Envelhecimento/Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa/UL/Lisboa/Portugal. Atualmente é professora adjunta da Universidade Federal do Triângulo Mineiro/UFTM, membro fundador da Associação Científica de Terapia Ocupacional em Contextos Hospitalares, membro diretoria da Associação Científica de Terapia Ocupacional em Contextos Hospitalares, nos – biênios 2012/2014 e 2014/2016, onde atualmente é membro do conselho deliberativo e fiscal, biênio (2017/2019) . É avaliadora de programas de residências em saúde do Ministério da Educação, pesquisadora da Escola de Enfermagem – USP(SP), da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) e da Universidade Federal do Triângulo Mineiro (UFTM). É líder do Grupo de Pesquisa: Núcleo Interdisciplinar em Tecnologias no Cotidiano – NIPTecC/UFTM.


Ilka Veras Falcão

Terapeuta ocupacional, formada pela Universidade Federal de Pernambuco, Mestre em Saúde Publica pela Fiocruz-CPqAM. Cursando Doutorado em Ciências da Saúde na Universidade de Pernambuco, e membro do Grupo de Pesquisa em Doenças Infecciosas no Adulto, estudando as estratégias, vantagens clínicas e custos do diagnóstico precoce em HIV. É professora, em dedicação exclusiva, do Deptº de Terapia Ocupacional da Universidade Federal de Pernambuco. As temáticas de interesse e experiência profissional são fundamentação da Terapia Ocupacional, promoção e educação em saúde na Atenção Primária a Saúde, formação e política profissional, gestão pública e acadêmica.

 


José Antônio Santos

Terapeuta Ocupacional – formação em 2006 UNICEUMA
Especialização em Saúde da Família – em 2010 – Faculdade Santa Terezinha / CEST, em Sistema Prisional, Medidas Socioeducativas e Direitos Humanos – em 2017 –Inst ituto de Ensino Superior Franciscano /IESF
Conselheiro Suplente CREFITO 16, Membro do Coletivo Maranhense Terapeutas Ocupacionais – COMATO, Mobilizador do Sindicato Maranhense de Terapeutas Ocupacionais
Atualmente exerce as atividades: Centro de Reabilitação da Cidade Operária – CER anexo CEM / UPA
e Secretária de Estado de Administração Penitenciária – SEAP


Júnia J. Rjeille Cordeiro

Graduada em Terapia Ocupacional pela Universidade Federal de Minas Gerais (1983), Mestre em Ciências pela Universidade Federal de São Paulo (2005 – Reabilitação Pulmonar) e MBA em Gestão de Saúde pelo Insper (2010). Atualmente é Consultora em gestão de saúde e da qualidade para instituições hospitalares, de reabilitação, do terceiro setor em geral e de Terapia Ocupacional. É docente em cursos livres e em pós-graduação de Terapia Ocupacional em Saúde Funcional e em Saúde Mental na FACIS, SP. Foi a fundadora do serviço de Terapia Ocupacional na Sociedade Beneficente Israelita Brasileira Albert Einstein (Hospital Albert Einstein) em São Paulo, tendo atuado também na área de qualidade multiprofissional e inovação tecnológica. Participou por 11 anos do Sistema Einstein de Qualidade, atuando e auditando nos padrões ISO 9001 e Joint Commission International. Dirigiu o Lar Escola São Francisco (Centro de Reabilitação para deficientes físicos) e o Amparo Maternal (Maternidade e Centro de Acolhida materno-infantil) em São Paulo, onde deu continuidade à profissionalização da gestão com implantação de indicadores, melhoria de processos e visibilidade institucional. Foi docente de Terapia Ocupacional por 10 anos na UFMG. Temas principais de interesse e expertise: gestão da qualidade, gestão em saúde e no terceiro setor, reabilitação cardíaca, reabilitação pulmonar, desempenho ocupacional e Terapia Ocupacional.


Katia Barfknecht

Terapeuta Ocupacional formada pelo IPA/FCS-POA/RS/BRASIL em 1990. Especialista em Saúde Mental Coletiva ESP/RS em 1993. Especialista em Saúde e Trabalho UFRGS em 1998
Mestre em Psicologia Social e Institucional em 2005. Professora do curso de Terapia Ocupacional IPA/FCS- POA/RS/BRASIL de 1997 à 2006. Terapeuta Ocupacional da SMS/ PMPA a partir de 1993.

 


Leonardo Pinho

Diretor da Associação Brasileira de Saúde Mental, Presidente da Central de Cooperativas Unisol Brasil e conselheiro do Conselho Nacional de Direitos Humanos e Conselho Nacional de Economia Solidária.

 

 


Leonardo Valesi Valente

Terapeuta ocupacional, graduado pela UFMG em 2004, com especialização em Neuropsicologia, especialização em Gerontologia e Programas de Saúde, especialização em Saúde Mental e Atenção Psicossocial, atualmente cursando mestrado em Neurologia pela UNIRIO, atua como professor da graduação em Terapia Ocupacional do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio de Janeiro – IFRJ, do Campus Realengo, leciona as disciplinas de Neuropsicologia e Reabilitação Cognitiva, Estágios Supervisionados em Terapia Ocupacional I, III e Supervisão Teórica do Estágio III em Saúde Funcional, atua na clínica-escola do IFRJ como preceptor de estágios nas áreas de Reabilitação Cognitiva, Gerontologia e Reabilitação Física / Neurologia do Adulto.


Lilian Magalhães

Possui graduação em Terapia Ocupacional pela Escola de Reabilitaçao do Rio de Janeiro (1976), mestrado em Educação pela Universidade Estadual de Campinas (1989) e doutorado em Saúde Coletiva pela Universidade Estadual de Campinas (1998). Seu pos-doutorado foi feito no Institute for Work and Health, Toronto, Canadá. Tem experiencia na area de Terapia Ocupacional e pesquisa qualitativa. Foi professora associada da University of Western Ontario, Canadá onde suas atividades de pesquisa estiveram centradas principalmente na relacao entre imigracao e condições de saúde e trabalho, bem como na formulação de metodologias de pesquisa adequadas a minorias e outras populações vulneraveis. Atualmente é professora do Departamento de Terapia Ocupacional na Universidade Federal de Sao Carlos, SP.


Lilian Zanoni

Terapeuta Ocupacional formada em 2004. Atualmente é docente e coordenadora do curso de Terapia Ocupacional na Universidade de Sorocaba, além de lecionar em outras graduações da área da Saúde e Engenharia. É especialista em Gestão de Qualidade de Vida na Empresa, Especialista em Ergonomia, Mestre em educação, na área específica de inclusão e trabalho docente,Doutoranda em Terapia Ocupacional pela UFSCar na linha Redes Sociais e Vulnerabilidade, desenvolvendo a pesquisa “Trajetória de Vida de jovens e Adultos com deficiência: Contribuições da Terapia Ocupacional no Ensino Universitário”. Tem experiência de intervenção em Terapia Ocupacional, atuando principalmente nos temas saúde do trabalhador , inclusão de pessoas com deficiência no mercado de trabalhoe no Ensino Superior.


Livia de Magalhães

Terapeuta Ocupacional.Doutorado em Educação pela University of Illinois – System, Estados Unidos(1995)
Professor Titular da Universidade Federal de Minas Gerais, Brasil.


Luciana Gaelzer Wertheimer

Terapeuta Ocupaciona (IPA-1987); Especialista em Transtorno do Desenvolvimento (UFGRS, 2004); Especialista em Arteterapia (SEAPEG, 2006); Especialista em Coordenação de Grupo (CEAPEG, 1994); Delegada da Associação Brasileira de Terapeutas Ocupacionais na Confederação Latino-Americana de Terapeutas Ocupacionais (2011-2013, 2013-2015, 2015-2017); Vice-Presidente da Confederação Latino-Americana de Terapeutas Ocupacionais (2013-2015); Presidente da Confederação Latino-Americana de Terapeutas Ocupacionais (2014-2017); Representante do Conselho Federal de Fisioterapia e Terapia Ocupacional no Fórum Permanente do Mercosul para o Trabalho em Saúde da Secretaria de Gestão do Trabalho e Educação na Saúde (SEGRETS) do Departamento de Gestão e da Regulação do Trabalho em Saúde (DEGRERTS) do Ministério da Saúde do Brasil (2015-2020);Coordenadora Nacional do Grupo de Trabalho da ABRATO em Saúde Mental (2012-2018), Diretora Tesoureira do Conselho Regional de Fisioterapia e Terapia Ocupacional da 5ª Região (2011-2014).


Luciana Moro

Mestrado em Psicossociologia de Comunidades e Ecologia Social. Instituto de Psicologia – Universidade Federal do Rio de Janeiro. Coordenadora do CAPSad Nova Vida em Viamão. Rio Grande do Sul.

 

 

 


Luciana Togni Surjus

Terapeuta Ocupacional. Especialista em Saúde Pública. Mestre e Doutora em Saúde Coletiva. Professora do Curso de Terapia Ocupacional da Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP) – Campus Baixada Santista. Integrante do Grupo de Pesquisa (CNPq) “Saúde Coletiva e Saúde Mental: Interfaces” do Departamento de Saúde Coletiva da Faculdade de Ciências Médicas UNICAMP. Integrante do Grupo de Pesquisa (CNPq) “Terapia Ocupacional: Memórias, história e fundamentos” do Departamento de Terapia Ocupacional da Universidade Federal de São Carlos. Coordenadora do Grupo de Pesquisa “DiV3rso: Saúde Mental, Redução de Danos e Direitos Humanos”, da UNIFESP Baixada Santista. Orientadora do Programa de Mestrado Profissional em Saúde Coletiva – Universidade Estadual de Campinas – UNICAMP. Orientadora do Programa de Mestrado Profissional em Ensino em Ciências da Saúde – UNIFESP. Tutora do SUPERA, formação à distância em problemas relacionado ao uso de álcool e outras drogas – SENAD MJ/UNIFESP. Tem experiência clínica, de gestão e de supervisão na área de Saúde Coletiva, Saúde Mental, Álcool e outras Drogas, Rede de Atenção Psicossocial e Deficiência Intelectual. Áreas de Atuação: Saúde Mental, Álcool e outras Drogas; Saúde Coletiva; Deficiência Intelectual; Avaliação de Serviços; Políticas Públicas; Direitos Humanos; Terapia Ocupacional.



 Marcia Bastos Rezende

Professora Aposentada do Departamento de Terapia Ocupacional da UFMG (2014), bolsista MEC/SESu/CAPES no Programa de Educação Tutorial ? Terapia Ocupacional (2007-2013). Graduada em Terapia Ocupacional pela Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais (1981), especialista em Didática do Ensino Superior, especialista em Atendimento a Criança com Deficiência Múltipla, mestrado e doutorado em Fisiologia pela UFMG.Lecionou na graduação (1985-2014), na especialização em Terapia Ocupacional (2004-2010) e no programa de pós-graduação em Ciências da Reabilitação (2002-2012). Implantou em 2007 o primeiro e até então, o único Programa de Educação Tutorial de Terapia Ocupacional do país. Experiência na área de Terapia Ocupacional, com ênfase no desenvolvimento e desempenho infantil, especialmente dirigida aos temas: avaliação infantil, inclusão escolar da criança deficiente, métodos e técnicas de avaliação e intervenção no brincar, intervenção com crianças com distúrbios de aprendizagem. Sempre envolvida na administração acadêmica, foi coordenadora do Colegiado de Graduação em Terapia Ocupacional da UFMG e presidente do Comitê Local de Acompanhamento do Programa de Educação Tutorial da UFMG. Parecerista ad hoc da Revista Brasileira de Fisioterapia e da Revista Materno Infantil de Pernambuco. Atualmente faço consultoria para a inclusão escolar, organizo e ministro cursos.


Maria Aparecida Ferreira de Mello

Terapeuta Ocupacional, UFMG, 1990. Pós-Doutora pela University of Florida em Tecnologia Assistiva e Educação à Distância, 2006. Doutora pela UNIFESP com ênfase em Tecnologia Assistiva e Geriatria, 1999. Mestre em Ciências e Tecnologia Assistiva pela University of New York at Buffalo, 1995. Especialista em Tecnologia Assistiva pela University of New York at Buffalo, 1994. Especialista em Seating and Positioning – Adequação Funcional/Postural em Cadeira de Rodas pela University of New York at Buffalo, 1995. Especialista em Economia da Saúde pela UNIFESP, 2002. Ex-Fellow do Hospital Helen Hayes em Seating and Positioning, 1997. Membro do Comitê de Tecnologia Assistiva da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República, desde sua criação, 2006; Consultora em Política Pública para Pessoas com Deficiência e Pessoas Idosas, desde 1996. Consultora Internacional em Tecnologia Assistiva, 1993. Coordenadora Geral da Technocare www.technocare.net.br. Coordenadora da Pós Graduação Interdisciplinar em Tecnologia Assistiva Faculdade de Tecnologia em Saúde -CIEPH – http://cieph.edu.br/


Marina Leandrini de Oliveira

Possui graduação em Terapia Ocupacional pelo Centro Universitário Claretiano de Batatais. Mestrado em Ciências pelo ProgramaSaúde na Comunidade da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto, Universidade de São Paulo – USP. Especialização em Terapia Ocupacional Hospitalar pela Universidade de São Paulo – USP. Docente na Universidade Federal do Triângulo Mineiro -UFTM desde 2010.Atualmente é doutoranda no Programa de Pós Graduação em Terapia Ocupacional da Universidade Federal de São Carlos – UFSCar, se dedicando a terapia ocupacional na assistência social. Atua principalmente nos seguintes áreas: Assistência Social, gerontologia, saúde pública e terapia ocupacional social.


Marcos Aurélio Fonsêca

Mestre em Sociologia pela Universidade Federal de Minas Gerais (2008). Possui graduação em Terapia Ocupacional pela Universidade Federal de Minas Gerais (1996) e em Administração pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (2005). Atualmente é professor do curso de graduação em Terapia Ocupacional da Universidade Federal de Minas Gerais, além de atuar como Diretor Geral do Hospital Cristiano Machado, na Fundação Hospitalar do Estado de Minas Gerais. É tutor do Programa de Residência Multiprofissional em Saúde Mental do Instituto Raul Soares – FHEMIG. Ocupou vários cargos de gestão, como coordenador ou subcoordenador em diferentes organizações de saúde e educação. Tem experiência na área de Terapia Ocupacional, com ênfase em Saúde Mental, atuando principalmente nos seguintes temas: Saúde Mental e Desempenho Ocupacional de adultos, adolescentes e crianças, Reabilitação Psicossocial, Acompanhamento Terapêutico e Serviço Residencial Terapêutico; na área de Administração, atua em Gestão em Saúde, Gestão de Pessoas, Gestão do Conhecimento, Gestão da Qualidade e Empreendedorismo.


Maria de Lourdes Feriotti

Terapeuta ocupacional (USP 1978), Mestre em Educação (PUC-Campinas), Especialista em Terapia Ocupacional em Saúde Mental (CETO), Especialista em Filosofia (PUC-Campinas), Docente da Faculdade de Terapia Ocupacional da PUC-Campinas, Supervisora clínico-institucional para equipes multiprofissionais da Rede de Atenção Psicossocial, Coordenadora do Grupo de Estudo Interdisciplinar em Terapia Ocupacional (G.E.I.T.O.), Representante da ABRATO na Comissão Intersetorial de Saúde Mental do Conselho Nacional de Saúde e integrante da coordenação do Grupo Nacional de Terapia Ocupacional em Saúde Mental da ABRATO.

 


Marysia de Carlo

Graduada em Terapia Ocupacional pela PUC-Campinas, fez mestrado e doutorado pela UNICAMP e pós-doutorado pela Faculdade de Medicina e pela Escola de Enfermagem ambas da Universidade de São Paulo. É docente da Universidade de São Paulo desde 1990, inicialmente no Curso de Terapia Ocupacional da FMUSP e desde 2005 no Curso de Terapia Ocupacional da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP-USP). É orientadora do programa de pós-graduação de Enfermagem em Saúde Pública da Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto da USP (EERP-USP). É co-autora de diversos artigos, capítulos e livros: “Se essa casa fosse nossa – instituições e processos de imaginação na educação especial” (Plexus/ Summus, 1999), “Terapia Ocupacional no Brasil – Fundamentos e Perspectivas” (Plexus/Summus, 2001 – 3ªed), “Terapia Ocupacional – Reabilitação Física e Contextos Hospitalares” (Ed.Roca, 2004), “Dor e Cuidados Paliativos – Terapia Ocupacional e Interdisciplinaridade” (Ed.Roca, 2008) e “Terapia Ocupacional em Contextos Hospitalares e Cuidados Paliativos” (Ed. Payá, 2017, no prelo) . Coordenou o curso de especialização (2 edições), é coordenadora do Programa de Aprimoramento Profissional e do grupo de “Terapia Ocupacional Hospitalar” do HCFMRP-USP. É presidente da “Associação Científica de Terapia Ocupacional em Contextos Hospitalares e Cuidados Paliativos – ATOHosP” (3 gestões: 2012 a 2019), líder do grupo de pesquisa “Laboratório de Investigação sobre a Atividade Humana”, cadastrado na plataforma de grupos do CNPq e membro da Câmara Temática Interdisciplinar de Cuidados Paliativos do CREMESP.


Mônica Queiroz

Terapeuta Ocupacional graduada pela Universidade de São Paulo. Coordenadora do Núcleo Integrado de Cuidados Paliativos domiciliar e hospitalar do Instituto de Infectologia Emilio Ribas (SP). Terapeuta Ocupacional do Hospital TotalCor. Responsável técnica da Empresa TOCare. Formação em Cuidados Paliativos na Pallium e especialista em Pedagogia e Didática do Ensino Superior. Docente do Instituto Paliar Co-organizadora do livro Dor e Cuidados Paliativos – Terapia Ocupacional e Interdisciplinaridade. Sócio-fundadora e membro da diretoria da Associação Científica de Terapia Ocupacional em Contextos Hospitalares e Cuidados Paliativos.


Patrícia Dorneles

Possui graduação em Terapia Ocupacional pela Federação das Faculdades Metodistas do Sul Instituto Porto Alegre (1995).Mestre em Educação pela Universidade Federal de Santa Catarina – UFSC (2001) na linha de pesquisa Educação Popular e movimentos sociais e Doutora em Geografia pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (2011) na linha ambiente, ensino e território. É pós doutora em Terapia Ocupacional pela Universidade Federal de São Carlos – UFSCar. Atua há 20 anos no campo das políticas públicas culturais. Tem experiência na área de Artes, com ênfase em politica cultural, atuando principalmente nos seguintes temas: ação cultural, política cultural, ação coletiva, educação popular e saúde e direitos humanos. Trabalhou no Ministério da Cultura entre os anos de 2005 à 2009, implementando o Programa Cultura Viva na Região Sul e as ações de Cultura e Saúde deste órgão. Atualmente é Professora Adjunta III do Curso de Terapia Ocupacional da UFRJ, sendo docente das disciplinas Laboratório A, Laboratório B e Educação Popular e Saúde. Foi Coordenadora substituta de Extensão da Faculdade de Medicina – UFRJ, de outubro de 2010 à agosto de 2012. É coordenadora do I Curso de Pós-Graduação em Acessibilidade Cultural para pessoas com deficiência com o apoio do Ministério da Cultura. É Superintendente de Difusão Cultural do Fórum de Ciência e Cultura da UFRJ.


Priscilla Viégas

Formada em Terapia Ocupacional, na Universidade Federal de Pernambuco. Interesse nos estudos das relações entre gênero e família, especialmente relacionados à paternidade. Cursou a Residência Multiprofissional em Saúde Mental, na Universidade de Pernambuco. Mestranda em Direitos Humanos pelo PPGDH – UFPE. Diretora Financeira da Associação Brasileira dos Terapeutas Ocupacionais (ABRATO). Representante Titular da ABRATO no Fórum das Entidades Nacionais d@s Trabalhador@s da Área de Saúde (FENTAS),  o qual também coordena (gestão 2017 – 2018). Conselheira Nacional de Saúde. Coordenadora da Comissão Intersetorial de Atenção à Saúde das Pessoas com Deficiência – CIASPD / CNS. Conselheira pelo CREFITO 1 no Conselho Estadual de Política sobre Drogas em PE (CEPAD) e Conselho Municipal de Políticas sobre Drogas (COMPAD) Recife – PE (estando atualmente na Vice-Presidência). Coordenadora do Grupo de Trabalho da Terapia Ocupacional de Atenção à Criança com a Síndrome Congênita do Zika Vírus, do CREFITO 1, formalizado através da Portaria 103/2016.


Ricardo Lopes Correia

Terapeuta Ocupacional formado pelo Centro Universitário São Camilo. Doutor e Mestre em Ciências da Saúde pela Faculdade de Medicina do ABC. Possui especialização em Dependências, Abusos e Compulsões. Professor Assistente do Departamento de Terapia Ocupacional, da Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Rio de Janeiro – UFRJ. Atualmente desenvolve atividades de ensino, pesquisa e extensão em Desenvolvimento Local Participativo, Ocupações Tradicionais, Iniciativas de Trabalho e Renda, Economia Solidária, Projetos de Vida Territorial e dipositivos Comunitários, e Diferenças de Gêneros e Sexualidade nas dimensões comunitárias. Diretor Cientifico da Associação de Terapia Ocupacional do Estado de São Paulo – ATOESP. Delegado Suplente da Confederação Latina Americana de Terapia Ocupacional – CLATO. Editor Chefe da Revista Interinstitucional Brasileira de Terapia Ocupacional – REVISBRATO.


Rosane Schmiedt

Terapeuta Ocupacional, Mestre em Ciências Sociais Aplicadas, Especialista em Saúde Pública e Educação Permanente em Saúde. Possui experiência clínica em neuro-reabilitação, saúde mental e saúde do trabalhador e em algumas Práticas Integrativas e Complementares. Atualmente é Terapeuta Ocupacional na SES/RS onde coordenadora o Serviço de Saúde do Servidor no Hospital Sanatório Partenon (PROSER-DCHE) e Terapeuta Ocupacional na SMS/PMPA na equipe do NASF Leste (GD LENO). É integrante do Conselho Gestor do Programa Estadual de Saúde do Servidor do Estado do Rio Grande do Sul (PROSER/SES/RS) e do Comitê Gestor da Política Estadual de Práticas Integrativas e Complementares (PEPICS/SES/RS). Participou das gestões da ACTORGS no biênio 2011/2012, da ABRATO no biênio 2013/2015 e atualmente na ACTORGS biênio 2016/2017.


Rosibeth del Carmen Muñoz Palm

Terapeuta Ocupacional graduada pela PUC-Campinas em 1980. Doutora em Enfermagem pela Universidade Federal do Paraná em 2014. Docente do Curso de Terapia Ocupacional da Universidade Federal do Paraná em regime de Dedicação Exclusiva a partir de 2008. Ministra disciplinas na graduação na área de Terapia Ocupacional em Contextos Hospitalares e Cuidados Paliativos, Prática Clínica em Terapia Ocupacional I e II, Cuidados Paliativos. Vice-Coordenadora do Curso de Terapia Ocupacional da UFPR (2017 – 2019). Membro do Comitê de Ética em Pesquisa com Seres Humanos do Setor de Ciências da Saúde da UFPR. Membro do Conselho Deliberativo da Associação Científica de Terapia Ocupacional em Contextos Hospitalares e Cuidados Paliativos – ATOHosP (2017 -2019). Vice Presidente da Rede Nacional de Ensino e Pesquisa em Terapia Ocupacional – RENETO (2016- 2018). Membro do Banco de Avaliadores (Basis) do INEP/MEC.


 Sandra Galheigo

Possui graduação em Terapia Ocupacional pela Escola de Reabilitação do Rio de Janeiro (1977), mestrado em Educação pela Universidade Estadual de Campinas (1988) e doutorado em Ciências Sociais pela Universityof Sussex, Reino Unido (1996). É professora doutora MS-3 no Departamento de Fisioterapia, Fonoaudiologia e Terapia Ocupacional da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo. Docente e orientadora do Programa de Pós-Graduação em Ciências da Reabilitação da FMUSP. Desenvolve atividades em ensino, pesquisa e extensão em produção do cuidado em saúde e em fundamentos histórico-epistemológicos da Terapia Ocupacional, com ênfase na construção do pensamento críticoe da prática emancipatória na Terapia Ocupacional no Brasil. Atualmente é delegada da Associação Brasileira de Terapeutas Ocupacionais (ABRATO) junto à World Federation ofOccupationalTherapists (Gestão 2015-2019). Desde 2012, é membro do WFOT International Advisory Group: Human Rights.


Soraya Diniz Rosa

Possui graduação em Terapia Ocupacional pela Pontificia Universidade Católica de Campinas (1981), graduação em Direito pela Faculdade de Direito de Sorocaba (1985), Especialização em Psicodrama pela Escola de Psicodrama de Sorocaba (2004), Aperfeiçoamento em Saúde Mental pela Escola Nacional de Saúde Pública Sérgio Arouca (2006), Mestrado em Educação pela Universidade de Sorocaba-Uniso (2005), Doutorado em Educação pela Universidade Federal de São Carlos (2012) e Pós-Doutorado pela Universidade Federal de São Carlos junto ao Departamento de Terapia Ocupacional (2017). É professora da Universidade de Sorocaba, atuou como professora substituta do Departamento de Terapia Ocupacional da Universidade Federal de São Carlos (2006-2007) e como professora da Escola de Psicodrama de Sorocaba (2005-2007). Coordenou o Programa de Residência Multiprofissional em Saúde Mental da Universidade de Sorocaba no período de 2014 a 2017 e atuou como docente no Programa de Residência Multiprofissional em Saúde da Família da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo – campus Sorocaba. Atua na área de Ciências da Saúde, com ênfase em Terapia Ocupacional e em Saúde Coletiva, e na área de Educação com ênfase em Formação Profissional e Políticas Educacionais. Os principais temas abordados em sua produção são: terapia ocupacional, formação profissional e políticas educacionais, gestão em saúde, grupos populacionais excluídos, com destaque na saúde mental, saúde coletiva e políticas públicas de saúde.


Stella Maris Nicolau

Terapeuta ocupacional graduada pela Universidade de São Paulo (USP) em 1988, com mestrado em Psicologia Social (2003) e Doutorado em Ciências (2012) pela USP. Docente do curso de Terapia Ocupacional da UNIFESP, campus Baixada Santista.Realiza atividades de ensino, pesquisa e extensão no campo das abordagens territoriais e comunitárias junto a pessoas com deficiências e atenção básica em saúde. Atualmente é presidente da RENETO na gestão 2016-2018.  

 

jun 8, 2016 | Posted by | Comentários desativados em Palestrantes
Premium Wordpress Themes